Seguidores

PG11 UMA LINDA HISTÓRIA, PSICOGRAFADA - RELATO DE UM MÉDICO

                                                    Data da publicação 03/05/2012 reeditado


  
PSICOGRAFIA - REENCARNAÇÃO

1ª§ Alguns dias atrás, tive uma solicitação de uma amiga, que relatou-me, que não entendia o porque da morte tão sofrida de sua irmã alguns anos atras, e pensando nela abri uma freqüência e  veio a comunicação que;


2ª§ Hoje eu (Corpo de Luz)fui brindado com a visita de um espírito amigo, que trousse seu relato sobre sua passagem pela terra em uma de suas encarnações! Que relatou assim; Meu amado irmão tu que falas a linguagem dos espíritos, velho trazer meu relato por achar que tuas intenções são sempre de ajudar aqueles que ainda dormem nos seu desafios terrenos, e entender que só alertando a todos ou alguns, eles podem errar menos, e não contrair dividas que podem levar a sofrimentos profundos aqui no mundo espiritual ou na sua volta a Terra.

3ª§ Querido irmão, eu posso te chamar assim? Eu disse fique a vontade, pois é assim que trato todos meus amigos e conhecidos que me relaciono. Vou prosseguir; Encarnei no ano de 1953 na cidade de São Paulo, no seio de uma família de classe média, tive pais muito carinhosos e nasci num corpo feminino, na família era eu uma irmã e também um irmão.

4ª§ Tive vida normal, como qualquer família terrena, estudava e meu sonho era se formar e ser professora, mais aos 16 anos de idade fiquei doente com fortes dores no Útero, e fui com minha mãe e minha irmã ao médico de um pronto socorro, que foi angustiante pois tinha fortes dores e tive que esperar quase uma hora para ser atendida, pois vocês sabem como é o atendimento de um hospital, principalmente num pronto socorro, e ali começou, o meu drama. Fui atendida por um médico clinico geral, que ao me ver perguntou o que se passava comigo, então lhe relatei as fortes dores no meu útero que estava sentindo.

5ª§ Ele me examinou, e fez varias perguntas de cunho pessoal, porem um exame bem
Corpo de Luz Erick
rápido sem determinar o verdadeiro motivo de minha dor que surgiu repentinamente, receitou uma injeção que me foi aplicada para cessar a dor, e receitou alguns remédios para tomar, para ele naquele momento não era grave apenas um cisto sem gravidade foi o que ele me disse, como a dor havia cessado ele me mandou para casa. Durante o dia tudo ocorreu muito bem não senti mais as dores, e a noite fui me deitar com leve mau estar porem nada de grave, e comentei com minha irmã que dividia o quarto comigo, Dulce minha irmã estou ainda sentindo esse mau estar que vem de minhas partes baixas, sei lá, e ela comentou, você tomou seu remédio, se não tome-o para que você não velha sentir aquelas dores novamente.

6ª§ OBS: A QUI VOCÊ ENCONTRA UNS DOS PILARES DO SOFRIMENTO HUMANO COMO ACONTECE E PORQUE, OS VÍCIOS É APENAS UMA PORTA;
INFLUÊNCIAS ESPIRITUAIS
Os vídeos estão em sequência:

7ª§ Fui e tomei o remédio que o medico havia me receitado e fomos dormir, eram 3h da manhã quando acordei com fortes dores, para mim insuportáveis, fui e tomei o remédio e nada de cessar a dor, minha irmã vendo meu desespero chamou a minha mãe, filha o que esta acontecendo, mãe não aquento essa dor, já tomei o remédio e ainda continua, me leva novamente ao pronto socorro por favor não estou aquentando mais, meu pai também levantou e vendo a gravidade do acontecimento, se vestiu e pediu para que vestisse para me levar novamente ao atendimento médico.

8ª§ Chegando lá, após os procedimentos, fui medicada e examinada por uma medica ginecologista que ao me examinar, pediu imediatamente,  alguns exames e também algumas chapas do útero, já era de manhã quando ela entrou no leito e me disse que eu ficaria internada para prosseguir com outros exames para ter certeza do que foi constatado nos exames preliminares, eu e minha mãe concordou, nisso meu pai e minha irmã, já haviam voltados para casa, e por volta das 3h da tarde a medica entra no quarto onde me encontrava e chama a minha mãe para conversar sobre o meu problema.

Mãe eu tenho noticia do diagnostico de sua filha, que não é nada agradável, espero que esteja preparada, bom pode dizer eu vou aquentar, pois meus pressentimentos quanto a minha filha já esta a dias me atormentando, bom minha senhora foi constatado que as dores que sua filha esta sentindo, é conseqüência de um tumor maligno que esta localizado em seu útero, e devido o avanço que ele se encontra, teremos que prosseguir acelerado no tratamento. Essa noticia caiu como uma bomba para minha mãe, que começou a chorar e sentir a gravidade da minha situação.

10ª§ Doutora a senhora tem certeza disso, desculpe minha senhora, gostaria de dizer o contrario sobre sua filha, porem os exames não deixam duvidas, quanto ao estado que sua filha se encontra, e a doença esta muito agressiva como pude constatar, e peço a senhora que me autorize a entrar com tratamentos a base de remédios mais eficaz, afim
de combater a doença, ela ficara internada para fazer esses procedimentos, enquanto isso eu vou esperar a sua resposta. Vi minha mãe arrasada, e tendo que encontrar forças para dar a noticia ao meu pai e meus irmãos de minha doença.

11ª§ Num resumo, digo que tudo foi feito para encontrar minha cura na medicina, porem o destino bate sempre em nossa porta, todos sabem que um tumor cancerígeno é procedimento muito doloroso para quem passa por essa doença, mas como sou espírita de coração, passei resignada as penalidades da vida, e morri com satisfação de haver pago uma Divida.

12ª§ O dia em que deixei a terra,  me despedi tranquilamente de minha irmã, dizendo-lhe; Vai-te, vou dormir um sono profundo e muito bonito...Muito bonito foi, porque sua matéria terminou de desagregar-se. Sua família, que havia contemplado com mudo assombro e profunda dor o prolongado martírio de uma adolesceste cuja a vida havia sido um modelo de mansidão e de virtude, perguntava-se, que haveria feito ontem para sofrer tanto hoje, ficando convertida a um esqueleto, de olhos fundos, de maças salientes, pele escura, mãos cadavéricas e voz embargada? Querendo sair de duvidas, foi quando me comuniquei com você, nesse estado mediúnico, para lhe dizer, ainda que ligeiramente, as causas que motivaram a minha dura prova, durante minha ultima existência nesse planeta.

13ª§ Escutai-me, tu meu irmão, e principalmente tu meus irmãos, que tanto sofria com minha enfermidade e tanto sentiste minha morte. Em anterior encanação, fui homem, “era médico” e tinha ao meu cargo um hospital em...

14ª§ Entre as enfermas que se encontravam em triste local, havia uma que se queixava amargamente, porque eu não a tratava como as outras, e, efetivamente, aquela infeliz criatura, sem saber porque, me inspirava uma versão profunda, que eu não sabia explicar, mas que, realmente, existia. Tanto descuidei-a, que valendo-se de uma das enfermeiras, ela deu parte ao diretor de meu proceder, então, este, certificando-se por si mesmo da gravidade do caso, me destituiu de meu emprego, ouvindo a enferma, que por meu descuido logo faleceria. Roguei e supliquei, prometi emendar-me e empregar toda minha ciência para remediar o dano que havia causado.

15ª§ Finalmente o diretor me admitiu novamente; mas eu, longe de cumprir o que havia dito, e crendo que a mulher era a causa de minha ruína, aumentei minha raiva a aversão até converte-se em ódio sangrento; quando morreu, fiquei contente por ter deixado de existir. Despediram-me novamente e a lembrança daquela infeliz começou a atormentar-me e a causar-me  remorso, porque minha consciência gritava constantemente: assassino.....novo Caim, o que fizeste de teu irmão. Quando tornei a encarnar, pedi sofrer quanto havia feito sofrer  aquele pobre ser, tive tua mesma doença e morri como ela num hospital, mas suportei com resignação e, ao despertar do meu ultimo sono, não posso expressar minha alegria ao me ver livre de minha pobre e raquítica envoltura.


Adeus meu amado irmão, continuarei se comunicando com você pelas bençãos do Céu


16ª§ Depois de ouvir o relato anterior, se é possível que a dor se acalme nos primeiros momentos, acalmaram-se aqueles seres que recordavam com desconsolo o longo tormento de um ser tão querido para eles. A melancolia estendeu seu manto e, a sua somb
ra, vêem passar os dias desejando que se comunique novamente aquela que tanto os amou aqui na terra; poderá haver algo mais consolador que comunicação dos espíritos seja no Espiritismo ou na Umbanda.

Por minha vez digo; não fosse um fato a revelação de alem tumulo e teríamos que magnetizar nosso pensamento e pedir a fantasia que nos fizesse esperar e crer.

Existirá algo mais importante e que mais eleve o homem que a intima convicção de que todos somos iguais?

17ª§ No dia em que a humanidade se convencer desta inegável verdade, não haverá  raças e nem privilégios, todos trabalharão, não para acumular tesouros materiais. Longe esta ainda essa aurora de paz (como diz um preto-velho sobre as zicas do coração, onde guarde grandes segredos), só alguns homens, a quem chamam de loucos, vivem tranqüilos em seu modesto Lar, sofrem resignados a condenação que mereceram, e tem piedade dos muitos que como Caim são fratricidas. Infelizes daqueles que só vêem a Terra! Venturosos os que como nós, dizem; “Não Culpa Sem Castigo”. Bem dito sejas os espíritos de boa vontade irradiação suprema da Luz, inegável cedro secular a cujo amplo tronco se enlaçam a justiça, a verdade e a razão. 














Obs: É extremamente importante que ao "Ler" deixem seus comentários mais abaixo,  para que eu possa Levar a minha Luz e de meus Mentores e Guias, no auxilio ao qual você necessita ou para seu lar e família. Não importa onde esteja nesse planeta estarei ai com o "Mestre Jesus". E com certeza sentirá minha presença.

Se houver algum relato "Intimo" sugiro que me mande um Email, serei sempre sua Alma Amiga.


Blog de Alta Ajuda - "DIVULGUE" a um amigo e em seus países!! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE SEUS COMENTARIOS